Emagrecimento: reduzindo gorduras sem prejuízos
Publicado: 21/01/2017 09h08

 

 

Nos dias de hoje um dos maiores objetivos da população brasileira quando se trata do corpo é o emagrecimento. Na verdade, quando se trata de um processo de emagrecimento correto e saudável o termo mais adequado é "Redução do Percentual de Gordura", ou seja, a diminuição da quantidade de gordura corpórea que está em excesso. As pessoas ainda confundem emagrecimento com perda de peso que são duas coisas absolutamente distintas.

O trabalho corretamente direcionado por um profissional capacitado visará reduzir apenas a gordura que está em excesso, sem afetar a massa muscular, o que não é bom, pois a massa magra tem seu papel nas atividades físicas.

 Depois do trabalho Marlon, se volta aos exercícios físicos na avenida Pedro Neiva de Santana, pra fechar o dia. Foto: Jeremias Alves.A rotina de Marlon Borralho, de 31 anos, se estende aos exercícios físicos o que tem melhorado na sua qualidade de vida, inclusive com uma redução de peso mas sem exageros garante, “no decorrer dos dias desde que comecei a dizer não ao sedentarismo (há 3 anos) tenho focado nas atividades físicas regularmente e isso, tem melhorado a minha saúde, o meu peso que antes estava acima do recomendado, mudou pra melhor e agora está estável, ou seja, me sinto bem melhor e com condicionamento físico “, concluiu Marlon.

Mas, contudo fica o alerta! As pessoas quando tentam "emagrecer" por si só ou quando são orientadas por pessoas não capacitadas, podem até perder peso, mas o problema está em que essa perda não é só de gordura, mas também de massa muscular. Essa perda de componentes musculares ocasiona, consequentemente, perda das formas, justamente o que dá a beleza estética (a pessoa perde peso, mas esteticamente fica "feia").

Tudo isso sem contar com os prejuízos fisiológicos causados por esses processos de emagrecimento inadequados. Como exemplo podemos citar os exercícios prescritos de forma incorreta, atividades aeróbicas com duração de mais de 1 hora passando a consumir como fonte principal de consumo a proteína eu está alojada nos músculos além das dietas radicais eu não respeitam as necessidades do indivíduo.


Outro fator que me preocupa são os exercícios de pessoas famosas e que são copiadas por profissionais ou pelo próprio aluno. Cada indivíduo tem seus limites e suas individualidades que devem ser respeitadas. Cada pessoa tem seu treino personalizado levando em conta a avaliação física e objetivos do aluno.
Portanto procure sempre um profissional capacitado para iniciar um programa de atividades físicas, pois, assim, você estará investindo em sua própria saúde e bem estar. Quem já descobriu esse caminho está bastante satisfeito.

 Prof: Cleyton Dias

Graduado em Licenciatura Plena em Educação Física (UEPA)

Pós Graduado em Didática Universitária (FAMA)

Pós Graduado em Nutrição Esportiva (FACIBRA)

Mestrando em Educação

 

 

Anuncios
Curta nossa FãPage
Previsão do Tempo




Cadastre-se seu e-mail ESPORTE7 NEWSLETTER